Cientistas de Barcelona detectam proteína responsável pelas metástases

Mais um avanço na pesquisa do câncer: cientistas do Instituto de Investigação Biomédica de Barcelona detectaram a proteína responsável pela origem das metástases. A descoberta foi publicada na revista Nature.

Trata-se da proteína CD36, um receptor celular dedicado ao transporte das chamadas células lipídicas, responsáveis por desencadear o processo de deterioração que origina as metástases. Segundo a investigação liderada por Salvador Aznar, a CD36 foi identificada nos processos em que um tumor aparece em outra parte do corpo.

Aznar explicou que este receptor está diretamente implicado no metabolismo dos lipídios, ou seja, no processamento da gordura ingerida – sendo responsável pelo início do processo da disseminação do câncer. A descoberta foi possível porque a equipe de cientistas bloqueou o transporte de lipídios em ratos de laboratório, o que levou a uma diminuição da ocorrência de metástases nos animais.

A conclusão do estudo é que quando a CD36 não está presente nos tumores, o organismo não desenvolve metástases – principalmente no câncer de boca e de mama. Outra boa notícia é que o tratamento com anticorpos para bloquear a proteína não mostrou efeitos secundários relevantes.

O laboratório solicitou proteção de patente dos resultados, e já iniciou colaboração com uma empresa britânica. A previsão é de que a terapêutica anti-metástase possa se tornar uma realidade dentro de aproximadamente uma década.

Fonte